Tecnologias Digitais

Assim como em todas as outras áreas relacionadas à saúde, na Odontologia também é essencial integrar novas tecnologias na prática diária. Isto auxilia o profissional em um bom diagnóstico, torna os tratamentos mais previsíveis e melhora a efetividade dos resultados.

Impressora 3D

Flashforge Hunter – dOne3d

Esteriolitografia – DLP (processamento digital da luz)

As impressoras 3D do tipo DLP são tecnologias utilizadas para criar peças pequenas com muitos detalhes, realizando camadas de até 0,05mm de resolução.

O primeiro passo para utilizar uma impressora 3D é a criação do design do objeto no computador. São utilizados softwares específicos para o desenho dos projetos que serão materializados.

A resina líquida é dispensada em uma bandeja e solidificada por meio de um processo chamado fotopolimerização: durante a solidificação, a luz vinda de um projetor no interior da máquina ativa as partículas da resina e as tornam sólidas, criando fortes ligações entre si a partir do projeto prévio.

Há variados tipos de resinas em uma impressão 3D, aumentando a gama de resultados possíveis nas impressões. Podem ir do claro ao opaco, mudar a flexibilidade, a resistência e alterar propriedades mecânicas e térmicas.

Na Odontologia, diversos são os tipos de impressões realizados para auxiliar as etapas clínicas:

- Placas de bruxismo;

- Guias cirúrgicas;

- Restaurações provisórias;

- Modelos;

- “Mock-up” (Ensaio restaurador estético ou “Test drive” do sorriso);

- Alinhadores ortodônticos.

Fresadora

MCXL - Dentsply Sirona

Consiste em um equipamento capaz de reduzir um bloco maciço de cerâmica ou resina até o tamanho e formato preciso do objeto projetado virtualmente.

A fresagem é uma forma subtrativa, na qual o profissional, após realizar o desenho da futura restauração escolhe o material que será usinado pela fresadora, como blocos cerâmicos (restaurações) ou resinosos (guias cirúrgicas e provisórios), os quais serão reduzidos até que reste somente o elemento projetado.

Após o computador dar o comando a fresagem do bloco se inicia. Bastam aproximadamente 10 minutos para que a restauração esteja produzida. O desenho das restaurações é extremamente preciso, dando às restaurações superfícies lisas e com extrema acurácia em relação ao projeto. Mesmo linhas e fissuras muito finas são preparadas com muita precisão e com as bordas muito uniformes, necessitando poucos ajustes da peça em boca antes da cimentação.

Existem blocos cerâmicos das mais variadas cores e nuances, reproduzindo fielmente a cor dos dentes naturais que cada paciente possui ou sendo capaz de produzir novos sorrisos contemplando estética, agilidade e precisão.

Na Odontologia, a fresadora consegue produzir:

- Restaurações cerâmicas sobre dentes e implantes (Parciais, Facetas e Coroas);

- Restaurações provisórias sobre dentes e implantes (Coroas e Pilares);

- Guias cirúrgicas.

Escâner Intraoral

PrimeScan – Dentsply Sirona

O escâner intraoral é um dispositivo que nos permite digitalizar as imagens da cavidade bucal do paciente, as projetando em uma tela do computador, para que seja tudo visualizado em 3D. A partir dessas imagens faz-se projetos das futuras restaurações, projetos reabilitadores e próteses sobre implantes. Esse procedimento de escaneamento substitui as incômodas moldagens das arcadas na prótese convencional.

A PrimeScan é o mais moderno escâner do mundo lançado na Alemanha no ano de 2019. Este escâner intraoral oferece velocidade, eficiência e acurácia na captação das imagens. Por meio de um “software”poderoso possibilita de modo intuitivo projetar qualquer tipo de restauração como, por exemplo, facetas de porcelana (também conhecidas como lentes de contato), restaurações parciais, os chamados ‘’Onlays’’, coroas unitárias, pontes fixas, entre outras.

Escaneamento rápido com um processo mais simples: Consolida mais de 50.000 imagens por segundo e consegue um processamento rápido dos dados exatos que o “software” necessita.

A digitalização do paciente a partir do escâner possui várias vantagens:

- Maior agilidade no procedimento. Após o escaneamento e a realização do projeto por meio de “software”, a restauração já começa a ser fabricada. Em poucas horas já está finalizada, pronta para cimentação final em boca, pois a clínica possui laboratório de prótese próprio.

- Mais conforto para o paciente, sem o desconforto das moldagens convencionais;

- Capacidade de armazenamento da condição bucal do paciente na memória do computador: em caso de perda futura de algum dente, possuir o arquivo das imagens da condição inicial da pessoa é relevante para a confecção da futura prótese, copiando exatamente o seu formato original.

- Possibilidade de doação de sorriso: Pode-se copiar as características naturais de um sorriso, passando essas informações de filho para o pai, por exemplo, ou utilizando esse banco de dados para copiar esse sorriso natural para uma outra pessoa que tenha características dentais semelhantes.

Odontologia Digital

Primescan